Close

Hora de Revisar Nossa SWOT

Para muitos, inclusive para mim, 2020 começou cheio de esperança, objetivos e metas.

De repente, chegou o COVID-19 e mudou tudo. Ficamos inerte diante de tantas mudanças, tentado nos adaptar mediante a esse novo cenário.

Já nos adaptamos a nova rotina?

Acredito que alguns, como eu, sim. Outros, ainda, seguem fazendo as alterações necessárias.

Após esse período de adaptação, sugiro refazermos a nossa analise de cenário, tanto pessoa física, quanto pessoa jurídica. Este é o principal objetivo do nosso artigo

Vamos utilizar a Matriz SWOT para nós auxiliar nesse momento.

 

O que é SWOT?

A sigla SWOT é um acrônimo das palavras, em inglês:

Strengths (Forças),

Weaknesses (Fraquezas),

Opportunities (Oportunidades) e

Threats (Ameaças).

 

 

A Matriz SWOT é uma ferramenta poderosa utilizada para estudar o cenário no primeiro momento do planejamento estratégico, quer seja pessoal ou corporativo.

 

SWOT PESSOAL

O principal objetivo ao fazer uma Análise SWOT Pessoal é possibilitar o autoconhecimento, visando identificar os pontos fortes e oportunidades de melhoria e definir um plano de ação para vencer seus obstáculos e dificuldades, fortalecer seus talentos e competências, aproveitar melhor suas possibilidades, transpor suas ameaças, ir além e conquistar suas metas, realizações e sonhos.

 

E como fazer uma análise SWOT Pessoal?

Vou ajudar vocês enumerando algumas perguntas que ajudarão a utilizar a ferramenta e fazer uma análise pessoal precisa.

 

Forças (Strengths)

Formada por suas competências, talentos e habilidades, representam as forças que podem ajudar você a construir seus resultados e facilitar seu crescimento técnico, emocional e comportamental em todos os sentidos. Também podemos chamá-las de pontos fortes e, para ajudar a identificar esse potencial infinito, você pode fazer perguntas como:

  • Quais são minhas maiores qualidades, dons e talentos?
  • Quais são os valores éticos e os preceitos que orientam minha vida?
  • Quais são os meus maiores diferenciais, aquilo que se destaca em mim?
  • De que forma eu uso minhas competências para crescer na vida?
  • O que eu faço de especial e o que faz com que eu me destaque?
  • O que eu tenho que me torna um ser humano único?

 

Fraquezas (Weaknesses)

Na verdade, eu prefiro chamar de “pontos de melhoria” ao invés de “Fraquezas”. Representam aquilo que enfraquece você, limita o seu crescimento, bloqueia o seu potencial e que faz com que não consiga avançar no campo pessoal. Para conhecer melhor sua influência e identificar seu campo de ação, pergunte-se:

  • Quais são as atitudes que prejudicam meu crescimento?
  • Como meus pensamentos e crenças sabotam meu sucesso?
  • Quais ações me impendem de ser mais feliz; próspero e realizado?
  • O que faz com que eu me sinta desconfortável comigo mesmo?
  • De 0 a 10, o quanto as pessoas que amo apoiam os meus projetos?
  • De 0 a 10, o quanto eu me sinto motivado a lutar por meus sonhos?

 

Oportunidades (Opportunities)

Este é um dos elementos-chave da matriz SWOT, pois é onde você deve observar suas chances reais de evoluir, se realizar e se tornar um ser humano melhor. Para isso, deve procurar identificar quais são suas possibilidades de mudança e crescimento, seja em sua carreira, relacionamento afetivo ou familiar, no aspecto financeiro ou mesmo no que tange seu autoconhecimento.

Se, por exemplo, você está buscando uma mudança de carreira, sugiro que faça estes questionamentos e verifique quais são as suas oportunidades de iniciar uma nova etapa profissional:

  • Quais minhas chances reais de crescer na empresa onde trabalho?
  • Tenho o perfil profissional que a empresa busca e deseja investir?
  • Estou pronto para empreender meu próprio negócio agora?
  • Quais são as habilidades profissionais que me diferenciam dos demais?
  • Possuo uma mente empreendedora e estou aberto a mudar de carreira?
  • Quais são as principais oportunidades ao meu redor no momento?
  • Sou visionário, dedicado ao meu crescimento e atento ao mercado?

 

Ameaças (Threats)

A melhor forma de vencer o inimigo é conhecendo-o. Isso significa que você em hipótese alguma pode ignorar os seus comportamentos, ideias ou mesmo as pessoas e acontecimentos que podem ameaçar o seu sucesso e felicidade.

Portanto, é essencial que conheça detalhadamente tudo aquilo que pode comprometer o alcance efetivo dos seus resultados pessoais. Para isso, confira uma seleção de perguntas que você deve se fazer:

  • Eu domino os conhecimentos e habilidades que podem ajudar em meu crescimento?
  • Quais são os comportamentos e crenças que podem sabotar meu sucesso e felicidade?
  • Tenho proatividade e disposição para aprender coisas novas e, mesmo nos momentos de dificuldades, visão para enxergar meus desafios como oportunidades?
  • Sou aberto a mudanças e engajado na realização dos seus sonhos?
  • Quais são as principais dificuldades em minha vida atual?
  • Quem e o que pode atrapalhar diretamente o meu sucesso profissional e pessoal?
  • Quais aspectos da minha personalidade podem afetar negativamente os meus resultados em curto, médio e longo prazo?

 

Ao obter estas informações e refletir sobre suas respostas, você conseguirá replanejar suas ações de forma efetiva que realmente leve você a evoluir e, com isso, conquistar os resultados extraordinários que almeja tanto em sua carreira como vida pessoal.

 

SWOT CORPORATIVA

A  Análise SWOT Corporativa auxiliará a definir quais são os pontos fracos e fortes do ambiente interno do negócio, ou seja, o que é controlado pela empresa. Em seguida, vamos analisar o ambiente externo do negócio, ou seja, o que a empresa não consegue controlar. Nesse quesito, são observadas as oportunidades que existem no mercado, como as tendências/novidades, expansão da linha de produtos, chances de conquistar novos clientes, ou seja, o que pode gerar receita e valor. Também são exploradas as ameaças que a empresa pode sofrer, como novas empresas para o mesmo nicho, queda no padrão de consumo, investimento de novas tecnologias por concorrentes ou o que puder afetar negativamente a receita ou a imagem do negócio.

 

E como fazer uma análise SWOT Corporativa?

Primeiro iremos analisar o ambiente interno, em seguida analisaremos o ambiente externo da organização.

 

Forças (Strengths) e Fraquezas (Weaknesses)

As Forças estão relacionadas às vantagens que sua empresa possui em relação aos concorrentes. São as aptidões mais fortes de sua empresa.

Já as Fraquezas são as aptidões que interferem ou prejudicam de algum modo o andamento do negócio. É muito importante haver sinceridade nesta etapa da análise.

Se não for possível corrigir as fraquezas a curto prazo, o ideal é que sejam estudados métodos para minimizar seus efeitos ou tentar contorná-los de modo que se tornem forças relevantes para o negócio.

Neste momento iremos analisar forças e fraquezas em conjunto, pois permitirá verificarmos se cada quesito é força ou fraqueza na minha organização.

Como sugestão, segue abaixo 20 itens para analise divididos em 4 categorias:

 

Organização

  1. Visão da Liderança
  2. Dedicação dos funcionários
  3. Orientação empreendedora
  4. Flexibilidade / Responsabilidades

 

Produção

  1. Infraestrutura física
  2. Competência dos colaboradores
  3. Entrega para o cliente
  4. Gestão dos processos

 

Finanças

  1. Custo
  2. Disponibilidade de capital
  3. Fluxo de caixa
  4. Estabilidade financeira

 

Marketing

  1. Reputação da empresa
  2. Participação de mercado
  3. Qualidade do produto / serviço
  4. Custo benefício
  5. Promoção
  6. Força de venda
  7. Inovação
  8. Cobertura

 

Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats)

As Oportunidades são forças externas que influenciam positivamente a empresa. Não existe controle sobre essas forças, pois elas podem ocorrer de diversas formas, porém, devem ser feitas pesquisas ou planejamentos que prevejam minimamente o acontecimento desses fatos.

Já as Ameaças são forças externas que influenciam negativamente a empresa, que podem prejudicar não somente o planejamento estratégico da companhia, como também, diretamente em seus resultados.

O acrônimo chamado PESTEL que resume os principais elementos que um bom exemplo de análise SWOT deve levar em conta, confira:

 

A análise com a matriz SWOT deve ser desenvolvida e interpretada de forma com que você consiga unir os principais componentes que atuam como elementos da análise externa e interna.

O “diagnóstico” deve ser confiável e se fundamentar o planejamento de médio e longo prazo pessoal e corporativo.

A matriz SWOT nos auxilia na tomada de decisão tanto pessoal quanto corporativa.

 

Mas como correlacionar o ambiente interno com o externo?

As forças e fraquezas com as oportunidades e ameças?

Para isso, você deve responder a 4 perguntas.

  1. Como minhas forças podem me defender das ameaças?
  2. Como minhas forças podem potencializar as oportunidades?
  3. Como minhas fraquezas podem atrapalhar minhas oportunidades?
  4. Como minhas fraquezas podem tornar as ameças ainda maiores?

Ao correlacionar essas respostas, você poderá tirar algumas conclusões e traçar planos de ação com base na análise SWOT.

 

Referência:

Sara Bambirra

Psicóloga, pós-graduada em “Gestão e Tecnologia da Qualidade”, mestre em “Educação Tecnológica”, formação em “Business e Executive Coaching”. Atua como Coach de Carreira e Consultora em Gestão de Pessoas pela LEAD Empresarial. Na academia, é professora universitária da PUCMinas e Faculdade UNIMED.

One Comment on “Hora de Revisar Nossa SWOT

Analice
07/04/2020 em 20:16

Ola Sara?

Muito obrigada por enviar esse material muito bom para mim.
Vai agregar muito na vida profissional.

Vamos orar para essa pandemia ir embora e não voltar mas.
Obrigada

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *